Segunda, 23 de Outubro de 2017
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)

Ao chegar em Tarquínia, o Grupo de Caça recebeu o nome código pelo qual passaria a ser conhecido em combate, o JAMBOCK, e foi dividido em quatro esquadrilhas. Cada uma delas recebeu uma cor e os aviões receberam uma letra e um número que significavam a que esquadrilha pertenciam e sua hierarquia dentro da esquadrilha. A distribuição ficou assim:

- Vermelha (Esquadrilha A), comandada pelo Cap. Lafayette
- Amarela (Esquadrilha B), comandada pelo Cap. Joel
- Azul (Esquadrilha C), comandada pelo Cap. Fortunato
- Verde (Esquadrilha D), comandada pelo Cap. Lagares

O Comandante Nero Moura e o Subcomandantes Pamplona ficaram com os aviões nº 1 e nº 2, respectivamente.

Em fevereiro de 1945, a esquadrilha Amarela deixou de existir devido ao pouco número de pilotos restantes. Nada menos que seis dos onze pilotos estavam impossibilitados de combater. Dois haviam morrido (Sapucaia e Medeiros), três haviam sido abatidos (Motta Paes, Joel e Brandini) e um estava baixado no hospital (Ismar). Os pilotos que restaram (Pessoa Ramos, Dornelles, Lara, Rocha e Canário), foram distribuídos pelas outras esquadrilhas.

Durante o trabalho de pesquisa não conseguimos correlacionar alguns números de série com a designação da Esquadrilha. O trabalho de pesquisa continua, mas até lá eles ficarão na classe de Indeterminados.